Pastor e vereador evangélico questiona em rede social se Anitta é ‘cantora ou garota de programa’

Vereador do Rio de Janeiro pelo PSCo pastor Otoni de Paula Jr. utilizou sua página oficial no Facebook para fazer uma série de críticas à cantora Anitta. No texto, intitulado “Cantora ou garota de programa?”, o político questionou a “responsabilidade profissional” de Anitta com o público juvenil, chegou a chamar a artista de “vagabunda de quinta” e, após repercussão negativa, se desculpou pelo uso da expressão.

Acompanhada de fotos da cantora durante um show, em que aparenta fazer um gesto obsceno, a publicação de Otoni de Paula questiona uma suposta influência negativa da artista para os jovens: “Anitta arrasta multidões de crianças em seus shows, é idolatrada pelos adolescentes de hoje, mas Anitta não tem nenhuma responsabilidade profissional com essa meninada que ela conquistou”.

“Não estou falando de moral, mas de responsabilidade com a imagem. É lamentável ver uma cantora talentosa como Anitta se prestar a isso”, afirmou na publicação, iniciada com um pedido de desculpas a seus seguidores pela publicação das fotos, que considera “de tremendo mau gosto”.

Após receber críticas dos próprios seguidores por chamar a artista de “vagabunda de quinta”, Otoni alterou a publicação e se desculpou na rede social, afirmando que a publicação teria sido realizada por sua assessoria: “Gostaria de pedir perdão pelo termo usado no final desse texto (já mudado por mim), publicado por minha assessoria, quando disseram que Anitta se comportava desse modo como ‘vagabunda de quinta’. Esse termo foi inapropriado. Por isso peço perdão.”