Prefeito de São Paulo promete tirar 19 mil cobradores de ônibus de circulação

O prefeito João Doria (PSDB) promete tomar duas medidas que irão atingir diretamente categorias com poder de paralisar a cidade.

Em entrevista, o tucano promete retirar os cobradores de todos os ônibus até o final de seu mandato, em 2020.

“Em nenhuma cidade civilizada do mundo tem cobradores dentro do ônibus e isso representa um custo altíssimo [R$ 800 mi/ano]”, disse.

Segundo ele, só 8% dos passageiros pagam em dinheiro na catraca.

Na semana passada, a prefeitura começou a testar, em uma linha da zona sul, o ônibus sem cobrador.

Há cerca de 19 mil cobradores e 33 mil motoristas, que ameaçam greve sempre que o tema volta às discussões.